Mentoria Espiritual

                       Jesus praticou no seu ministério a Mentoria Espiritual formando os apóstolos para liderarem a igreja após a sua partida; portanto, Mentoria na Igreja não se trata de modismo

                  Na história da igreja temos um caso interessante sobre dois pregadores, um utilizou a mentoria, outro não. Os pregadores são George Whitefield e John Wesley. Ambos foram contemporâneos na Inglaterra do século XVII. Ambos se dedicaram à obra de Deus no mesmo pequeno grupo (Holy Club) na Universidade de Oxford. Ambos eram excelentes na pregação ao ar livre. Ambos testemunharam milhares de conversões através de seus ministérios. No entanto, John Wesley deixou para trás uma igreja forte e vibrante, a Igreja Metodista, enquanto George Whitefield tinha poucos frutos tangíveis ao fim de seu ministério. Por quê? Wesley dedicou-se a treinar e liberar discipuladores que lideraram pequenos grupos, enquanto Whitefield estava muito ocupado pregando e fazendo o trabalho do ministério.

                A Mentoria Espiritual  é o acompanhamento para levar o novo convertido a maturidade e a multiplicação. Quando se chega à maturidade, o cuidado não pára, continua para a frutificação. O objetivo é cuidar bem de cada um da igreja para alcançar as multidões.  Assim, multidões não será sinônimo de pessoas mal cuidadas, sem rostos e sem nomes.  Mentoria Espiritual é feita através do cuidado um a um, individual e personalizado, pois não há ninguém igual a outro. 

Mentoria Espiritual também pode ser entendida como discipulado. Ocorre que hoje, normalmente na Igreja de Jesus, o discipulado é utilizado somente para consolidar o novo convertido até o batismo. Depois, comumente a Igreja deixa de dar uma continuação no crescimento. Por essa razão utilizamos a palavra Mentoria Espiritual.

                     Na Bíblia, no Novo Testamento, fala-se em 20% de pregação e 80% de ensino, ou seja, devemos investir 20% em evangelização e 80% em discipulado e mentoria. Como você utiliza seu tempo no ministério?

                  Mentoria não é um fim em si, ela objetiva as multidões. Jesus amava as multidões, porém ele teve foco: formou os seus discípulos. E os seus discípulos ganharam multidões para Ele. O Senhor nos deu esta ordem: "E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém." Mateus 28:18-20. Essa é a estratégia de Deus para a salvação do mundo.

                 Alguns princípios da Mentoria Espiritual:

Ovelha sadia dá cria.

Nada forçado dá certo.

Para discipular alguém é necessário estar sendo discipulado.

Fazemos discípulos para Cristo e não para nós.

Discipulado vai além de conhecimento bíblico, é transmissão de vida.

Casados fazem mentoria de casados e solteiros.

Solteiro faz mentoria de solteiro.

Solteira faz mentoria de solteira.

Homem faz mentoria de homem.

Mulher faz mentoria de mulher.

No menu "APOSTILA" temos algumas literaturas que podem ajudá-lo a entender e fazer mentoria.

Celulares para  contato

(61) 99843-5671
Bispo Cleverly

 

(61)  99153-9035

Secretária Solange 
 

(61) 99162-2285

Pr. José Fernandes

(61) 99999-1500
Pr. Rogério Fontes

LOCALIZAÇÃO

Igreja de Deus

Avenida Circular 289

Setor Pampulha

(a baixo da 92 FM)

CEP 73.805-305

 
Formosa/GO

CONECTE-SE
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey Instagram Icon

Igreja de Deus no Brasil.